33
Carteira de criptomoedas – O que são e para o que servem?

Assim como é possível guardar seu dinheiro em uma conta bancária, também é possível armazenar seus ativos digitais em uma carteira de criptomoedas. Elas dispensam a necessidade de um intermediário e são uma forma de garantir a segurança dos seus criptoativos.

 

O que é uma carteira de criptomoedas?

Uma carteira de criptomoedas (wallet) são softwares ou dispositivos físicos utilizados para guardar suas chaves privadas que dão acesso as suas criptomoedas como o Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Litecoin (LTC), Memecoins etc.

A chave privada é uma espécie de senha que permite realizar transações com os ativos digitais. Assim como uma senha bancária, ela não deve ser compartilhada, pois com ela é possível ter acesso a todos os fundos armazenados na carteira.

Também existe a chave pública, que é utilizada para receber os criptoativos. Diferentemente da chave privada, ela pode ser compartilhada, já que é preciso um “endereço” para receber as criptomoedas.

É possível enviar e receber criptomoedas de uma carteira para outra. Toda vez que acontece uma transação de criptomoedas, elas são registradas na blockchain, e as carteiras de criptomoedas são os dispositivos que dão acesso a esses ativos armazenados.

 

Como funciona uma carteira de criptomoedas?

Assim que uma carteira de criptomoedas é criada, é gerado um “seed” que é uma espécie de senha de recuperação, ela é formada por uma sequência de 12 a 24 palavras.

Em seguida, a carteira cria uma chave privada e uma chave pública, cujos conceitos explicamos no tópico anterior. Além disso, também é gerado um endereço, que é como o número da sua conta bancária ou do seu pix, por exemplo.

É possível gerar vários endereços públicos para receber suas criptomoedas, o que gera mais segurança, pois dessa forma não existe apenas um local com todo os criptoativos do investidor.

Portanto, as carteiras de criptomoedas são de onde saem as criptomoedas e onde elas serão recebidas, em uma negociação.

 

Tipos de carteira de criptomoedas

As principais carteiras de criptomoedas podem ser divididas em dois tipos: hot wallets e cold wallets.

 

Hot wallets

De uma forma bem simples, as hot wallets são carteiras digitais. Existem algumas versões diferentes disponíveis.

 

Mobile

Essas carteiras são aplicativos de celular, disponíveis em lojas de aplicativos como a Google Play ou Apple Store. Elas são práticas, principalmente para quem quer utilizar criptomoedas como forma de pagamento no dia a dia.

Entretanto, esse modelo de carteira possui alguns riscos, como ter o celular perdido ou roubado ou cair em golpes de programas maliciosos.

 

Web

As carteiras para desktop podem ser acessadas pelo navegador do computador. Para isso é preciso apenas acessar a carteira com seu login e senha. Elas são práticas, mas por serem online, são vulneráveis a ataques de hackers.

 

Desktop

Carteiras para desktop são programas que podem ser baixados e instalados no computador do investidor. A dificuldade é manter o equipamento longe de vírus, mas fora isso, esse tipo de carteira é mais segura que carteiras para mobile e para web, pois as informações estão apenas no computador e não na internet.

 

Cold Wallets

As cold wallets não estão conectadas à internet e existem dois tipos:

 

Hardware wallet

As hardware wallets são dispositivos físicos parecidos com um pen drive. Para acessar suas criptomoedas é preciso conectar esse dispositivo a um computador. Esse tipo de carteira é mais segura do que as hot wallets por serem totalmente offline, ou seja, não estão conectadas à internet.

 

Paper wallets

As paper wallets são um papel com as chaves públicas e privadas impressas. Também são mais seguras do que as hot wallets, mas é um sistema antigo e pouco utilizado hoje em dia.

 

Vantagens e desvantagens das carteiras de criptomoedas

Qual opção de carteira de criptomoeda utilizar está relacionado com aquilo que o investidor procura. As hot wallets trazem maior praticidade, principalmente para quem quer usar as criptomoedas para pagamentos, por exemplo.

Entretanto, a sua desvantagem é o fato de estarem interligadas à internet, onde podem acontecer ataques de hackers.

Esse risco não se aplica às cold wallets, pois elas não estão conectadas à internet. Porém, essas carteiras trazem menos praticidade.

 

Carteira de criptomoedas ou exchange?

Com uma wallet é possível realizar transações sem a necessidade de um intermediador, já que o próprio investidor fica responsável por fazer o controle de suas criptomoedas. Também não há as taxas geralmente cobradas por corretoras. E, tomando precauções, pode ser uma forma segura de armazenar suas criptomoedas.

Mas não é todo mundo que tem tempo ou entende a fundo o mercado de criptomoedas para negociar por si próprio. Por isso, as exchanges podem ser uma “mão” na roda.

As corretoras são plataformas que intermediam a compra e venda de criptomoedas e geralmente há uma taxa para cada transação realizada. Nesse caso, ela fica com a custódia das criptomoedas e as chaves públicas e privadas também ficam sob posse da corretora.

Além disso, elas costumam investir fortemente em segurança e, apesar do mercado de criptomoedas ainda não ser regulado no Brasil, boa parte das corretoras que aqui operam costumam estar de acordo com a legislação.

Aqui na YAPPI, por exemplo, não ficamos com seu dinheiro, pois ele fica o tempo inteiro na sua conta na Binance. Nós apenas fazemos as transações de acordo com nossas estratégias, que procura operar nos melhores momentos para trazer a melhor rentabilidade para os nossos investidores.

Nossa estratégia, desenvolvida pelo nosso time com anos de experiência, tem trazido bons rendimentos. Só nos primeiros quatro meses de 2022 nossa rentabilidade foi de 50% no produto de maior risco.

Isso significa que, se você tivesse investido R$1000 na nossa plataforma no início deste ano, você teria tido um lucro de R$500. Você pode usar nossa calculadora de rendimentos para entender quanto poderia ter ganhado com cada um dos nossos produtos.

Ficou interessado? Baixe nosso app, ele está disponível para download para iOS e Android. Se tiver alguma dúvida sobre nossa plataforma é só entrar em contato com a gente.

Publicado em 15 de junho de 2022
Por

POSTS RELACIONADOS:
estratégia de investimentos

Entrar no universo de finanças no escuro pode ser um empecilho para que o investidor alcance seus objetivos, por isso, ter uma estratégia de investimentos é um facilitador. Afinal de contas, não existe fórmula mágica para o sucesso, para atingir uma meta é preciso traçar um plano. O que é uma estratégia de investimentos? Podemos dizer que […]

Publicado em 29 de julho de 2022
Por

como investir em Bitcoin

Mesmo quem não faz parte do universo dos investimentos já deve ter ouvido sobre o bitcoin, afinal de contas, estamos falando da criptomoeda mais famosa do mundo. Mas como investir em bitcoin ainda é uma dúvida de muitos. Por isso, neste artigo vamos mostrar o que você precisa saber antes de começar. O que é […]

Publicado em 22 de julho de 2022
Por

HFT

Bastante popular entre empresas de negociação, as negociações de alta frequência (HFT) são uma forma de realizar negociações com auxílio de algoritmos de computador para que as operações sejam realizadas de forma mais rápida e com um volume maior. Utilizando-as é possível realizar várias negociações de forma automática em um só dia.   O que […]

Publicado em 8 de julho de 2022
Por