CEO da Binance é o primeiro líder de exchange cripto na Bloomberg 50

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

 

Changpeng “CZ” Zhao, fundador e CEO da Binance (maior corretora de criptoativos do mundo), foi escolhido pela Bloomberg Businessweek para a Bloomberg 50.

A Bloomberg 50 é uma lista anual de líderes e empreendedores inovadores que ajudaram a mudar o cenário global de negócios ao longo do ano.

É a primeira vez que a publicação homenageia um líder ligado a uma exchange de criptoativos. Em resposta, CZ disse:

“Estou muito feliz e honrado por fazer parte deste grupo de pessoas notáveis que estão moldando nosso mundo para melhor. Ao lado desses líderes comprometidos e apaixonados trazendo mudanças em diversas esferas, continuaremos a trabalhar para aumentar a inclusão financeira global por meio da utilização das criptomoedas, colocando as pessoas e os nossos usuários sempre em primeiro lugar.”

Na edição 2020, além de CZ, estão personalidades influentes nos universos dos negócios, entretenimento, finanças, política, ciência e tecnologia, cujas realizações em 2020 foram particularmente notáveis.

Fazem parte da Bloomberg 50 deste ano nomes como do presidente eleito dos EUA, Joe Biden, do CEO do Morgan Stanley, James Gorman, do imunologista Anthony Fauci, entre outros.

Em edições passadas, a Bloomberg 50 já homenageou nomes como Elon Musk, Warren Buffet, Steve Jobs, Jeff Bezos, Jack Ma, Barack Obama, Greta Thunberg, Janet Yellen, Angela Merkel, entre vários outros.

Responsabilidade social

Lançada em 2017, a Binance rapidamente se tornou uma das maiores empresas de cripto e blockchain do planeta.

Atualmente o ecossistema da organização abrange serviços comerciais e financeiros, soluções de infraestrutura, educação, dados e pesquisa, investimento e incubação e responsabilidade social.

Recentemente, a Binance Charity, braço filantrópico da companhia, fez uma doação de 100 mil dólares em equipamentos de proteção contra o coronavírus para povos indígenas brasileiros.

“Nosso objetivo é trazer mais inclusão, sustentabilidade e responsabilidade no ecossistema de criptografia e blockchain que seja benéfico para a sociedade e proteja nossos usuários e a indústria. Acreditamos que somos mais fortes juntos e continuamos trabalhando com outros players que compartilham a missão comum da indústria para promover a liberdade de dinheiro em todo o mundo para a nova era financeira”, acrescentou CZ.

Leia também:

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Assine nossa newsletter

Fique por dentro das novidades do mundo cripto e outros investimentos.