30
Mineração de Bitcoin ecológica: mineradores utilizam energia renovável

Ao contrário do que alguns críticos do BTC alegam, a mineração de Bitcoin tem sido uma prática ecologicamente responsável.

De acordo com um novo relatório de pesquisadores da Universidade de Cambridge, 76% dos mineradores de Bitcoin usam fontes renováveis como parte de sua matriz energética.

Estima-se que, desse grupo de mineradores, cerca de 62% utilizam energia hidrelétrica. Trata-se de um percentual muito próximo ao que os acadêmicos conseguiram determinar em 2018.

Quem minera Bitcoin

Em setembro, a Cambridge Center for Alternative Finance (CCAF) conduziu o terceiro estudo global de comparação de criptomoeda.

A princípio, os pesquisadores analisaram as mudanças que ocorreram na indústria de criptomoedas desde a publicação de seu primeiro e segundo estudos em 2017 e 2018.

O estudo mais recente analisou dados de 280 empresas em 59 países, . Eles avaliaram quatro segmentos principais: exchanges, pagamentos, custódia e mineração.

Mineração de Bitcoin renovável

Na área de mineração, destaca-se o fato de a energia hidrelétrica ser a fonte energética número um: 62% dos mineradores pesquisados operam suas atividades de mineração com essa energia.

Por outro lado, o relatório mostrou que outros tipos de energia limpa (eólica e solar) estão atrás do carvão e do gás natural.

Estas fontes energéticas representam 38% e 36% das fontes usadas pelos entrevistados.

Além disso, a pesquisa também forneceu dados importantes sobre a mineração de Bitcoin na América Latina.

Sobre a região, o relatório apresenta uma tabela que indica a participação média dos mineradores no uso de energias renováveis.

Portanto, 20% de toda a energia renovável usada para minerar Bitcoin em todo o mundo está na América Latina.

Além disso, outro dado interessante é que na América Latina há uma preferência maior pela mineração de Ethereum (63%) em relação às demais regiões.

Ainda assim, a criptomoeda predominante em todos os lugares é o Bitcoin.

Publicado em 5 de outubro de 2020
Por

POSTS RELACIONADOS:
bny mellon

O banco mais antigo da América, BNY Mellon, irá oferecer gestão de bitcoin e outras criptomoedas para seus clientes. Segundo o Wall Street Journal, o banco fará custódia e transferirá Bitcoin e outras moedas digitais. “O BNY Mellon tem orgulho de ser o primeiro banco global a anunciar planos para fornecer um serviço integrado para ativos digitais, como o Bitcoin”, afirmou Roman Regelman, […]

Publicado em 15 de fevereiro de 2021
Por

Ellon Musk e Bitcoin

Na sexta-feira, Elon Musk colocou em seu perfil no Twitter a hashtag #bitcoin e provocou uma alta de quase 20% no valor da moeda. Depois de muitos comentários (críticos ou não), parece que finalmente o fundador da Tesla e CEO da SpaceX se converteu ao Bitcoin. Confira abaixo alguns momentos que marcaram a história entre […]

Publicado em 1 de fevereiro de 2021
Por

investir-em-bitcoin

Uma pesquisa realizada com 2.200 pessoas residentes no Brasil, Argentina, Colômbia e México revelou que mais de 31% das pessoas da América Latina estão interessados em investir em Bitcoin e outras criptomoedas. A pesquisa liderada pela Sherlock Communication mostrou que os entrevistados desejam criptomoedas para aumentar sua riqueza ou para pelo menos manter seu poder de compra em tempos […]

Publicado em 22 de janeiro de 2021
Por